Publicado em: sábado, 24/11/2012

Procon notifica sete grandes empresas por problemas de vendas na Black Friday

Procon notifica sete grandes empresas por problemas de vendas na 'Black Friday'Com a grande quantia de reclamações que os consumidores realizaram sobre relação os preços de alguns produtos que tiveram sua venda durante a ‘Black Friday’ nacional, que reuniu liquidações tanto lojas virtuais quanto lojas físicas, a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado de São Paulo (Procon-SP) fez notificações contra Extra, Ponto Frio, Submarino, Americanas.com, Wal-Mart, Saraiva e Fast Shop.

Conforme aponta a entidade, isto ocorreu por haver indícios que os descontos foram maquiados maquiagem, feito em base de clientes que denunciaram as empresas em canais de atendimento e redes sociais do Procon. As empresas vão ter até sexta-feira (30) para que respondam a estas acusações.

A Busca Descontos, que foi a empresa que realizou este evento, também irá ser notificada para que que explique os problemas que os usuários da internet passaram ao tentar entrar em links das ofertas dos sites e lojas.

A loja virtual do Ponto Frio (loja virtual) e o Extra (loja física e virtual) divulgaram notas que disseram que as ofertas que tiveram sua divulgação feita foram legitimadas e são praticadas da maneira que foram anunciadas, sem que os valores tenham sido manipulados.

Já a Americanas.com e o Submarino disseram que irão apresentar documentação que vai ser solicitada durente o prazo e os valores cobrados na sexta-feira (23) foram feitos de maneira promoncional e de maneira especial.

O Walmart diz que não teve notificações oficiais, mas afirma não ter recebido reclamações dos clientes.

A Saraiva diz que não tinha sido notificada, e assim não iria poder fazer comentários sobre o caso. A nota ainda diz que a empresa respeita os consumidores e seus direitos e repudia qualquer afirmação em outro sentido.

A Fast Shop afirma que irá entregar documentos que comprovam os descontos em produtos dentro do prazo que o Procon determinou.