Publicado em: terça-feira, 11/06/2013

Príncipe Harry evita ataque homofóbico contra soldado homossexual

Príncipe Harry evita ataque homofóbico contra soldado homossexualDiferente do irmão, o príncipe britânico Harry é alvo dos holofotes muitas vezes com polêmicas, como a divulgação de imagens suas se divertindo com uma amiga, completamente nu, enquanto outras mostram o príncipe curtindo festas e baladas à base de muito álcool. Apesar destas polêmicas, o príncipe voltou aos holofotes nesta semana por uma boa causa.

Foi divulgado nesta última semana que o príncipe Harry teria salvado a vida de um soldado britânico homossexual ao evitar que ele sofresse um ataque homofóbico, empregado por integrantes de um regimento da infantaria britânica. A informação dá conta que o caso aconteceu em 2008, durante o período em que os soldados realizavam um exercício militar no Canadá.

O soldado ameaçado, James Wharton, foi quem revelou ao jornal que procurou príncipe Harry depois de sofrer ameaça de seis soldados do regimento. A conversa aconteceu, de acordo com o soldado, enquanto os dois estavam em treinamento dentro de um tanque militar. Ele explicou que subiu na torre do tanque e relatou em detalhes ao príncipe o que havia acontecido com ele.

O príncipe teria então respondido que era hora de resolver esta questão definitivamente. O soldado homossexual tinha 21 anos na época. De acordo com Wharton, Harry foi procurar pelos militares em seguida, advertindo-os com a ameaça de uma punição severa se as ameaças não acabassem. Wharton deixou o exército no começo de 2013 e nunca mais enfrentou ameaças parecidas, sendo eternamente grato a ação do príncipe.