Publicado em: quarta-feira, 26/03/2014

Príncipe Harry e namorada são criticados por visita ao Casaquistão

Príncipe Harry e namorada são criticados por visita ao CasaquistãoO casal constituído pelo príncipe Harry e sua namorada, Cressidra Bonas, estão sofrendo duras críticas por conta de sua viagem ao Cazaquistão. Isso porque os dois teriam visitado durante o passeio um resort da oligarquia no país, hoje governado por Nursultan Nazarbayev, um polêmico presidente que hoje comanda os rumos do país. A viagem, que tinha o propósito de um passeio romântico para o casal que está de férias acabou se tornando um pesadelo, já que escolheram como destino um país que vem sendo governado por um dirigente acusado de violar direitos humanos.

Além disso, os dois também teriam usado um helicóptero da comitiva do governo local para se deslocarem até as pistas de esqui. O casal teria primeiro passado alguns dias em um chalé localizado em uma propriedade do oligarca Serzhan Zhumashov, no complexo de Shymbulak. O oligarca é um amigo íntimo do polêmico presidente do Cazaquistão. Por outro lado, a ligação de Nazarbayev com a família real é mais antiga, porque ele é muito próximo do tio de Harry, o príncipe Andrew. A viagem pode ter sido oferecida por um empreendedor do país, mas o Palácio de Kensington não esclareceu quem foi que pagou pela viagem de férias do casal.

O porta voz da Anistia Internacional, Alla Hogarth, destacou que o Cazaquistão é um país onde torturar uma pessoa que se opõe politicamente ao governo atual é algo comum e a oposição política é fortemente repreendida. A escolha do príncipe de seu destino de viagem foi duramente criticada por Hogarth. Harry e Cressida estão juntos desde maio de 2012, depois de terem se conhecido por intermédio da princesa Egenia, prima de Harry e muito amiga de Cressida. Os dois têm sido flagrados com frequência juntos em eventos, principalmente os oficiais, o que vem gerando boatos de um possível e futuro noivado.