Publicado em: sexta-feira, 01/07/2011

Príncipe de Mônaco se casa aos 53

Depois do casamento real da família britânica que aconteceu no início do ano, agora é a vez da realeza de Mônaco atrair as atenções para si própria. Hoje (01), às 11h do horário de Brasília, o Príncipe Albert II se casa com a plebeia e ex-nadadora sul-africana Charlene Wittstock. Porém, o início da união civil já começou com boatos sobre a possibilidade de a noiva ter tentado fugir do compromisso com seu futuro marido.

Apesar de terem se conhecido há dez anos, sendo que somente depois da metade desse tempo a relação foi oficializada, Wittstock teria sido vista por fontes de um jornal francês em um aeroporto de Nice com uma passagem somente de ida. O Príncipe carrega a fama de galanteador e mulherengo, que pode ser comprovado pelos filhos ilegítimos que ele já tem. Inclusive, o suposto motivo da tentativa de fuga da noiva seria o surgimento de mais um, que, pelas contas, teria sido fruto de uma traição.

Outras duas crianças já foram reconhecidas pelo Príncipe, mas a constituição do país impede que os filhos fora do casamento assumam o trono da família real. O primeiro caso é o de uma menina que nasceu em 1991, fruto de uma relação com uma turista americana. Em seguida, um menino nasceu em 2003, cuja mãe era uma aeromoça do Togo.

Atualmente, o Príncipe tem 53 anos, enquanto sua noiva tem 33. Com medo de que o herdeiro do trono não tenha mais filhos, a constituição foi alterada para permitir que sua irmã possa assumir o cargo e, futuramente, seus filhos também.