Publicado em: terça-feira, 27/03/2012

Primeiros turistas gays a se casarem na Argentina se sentem integrados na sociedade

Os paraguaios Simón Cazal, de 31 anos, e Sergio López, de 18 anos, se casaram na última sexta-feira (23), na província de Santa Fé, na cidade de Rosário, na Argentina. Este foi o primeiro casamento homossexual feito com turistas, e o casal afirma se sentir integrado socialmente após a cerimônia, com a sensação de serem, finalmente, “cidadãos de verdade”.

López afirma, de acordo com a reportagem do site G1, que ele e Cazal já moram há algum tempo juntos e, por este motivo, não existem muitas mudanças pessoais. Porém, segundo o paraguaio, agora eles possuem um reconhecimento formal e legal. Cazal afirma que antes eles se sentiam excluídos socialmente e também das leis.

Família na cerimônia

Com este casamento, a cidade de Rosário, que está localizada a aproximadamente 300 quilômetros de Buenos Aires, já pode ser considerada como o primeiro município argentino a formalizar esta forma de união. Para a comemoração, os noivos viajaram 15 horas em um ônibus que saiu de Assunção, no Paraguai, com destino a Rosário.

Segundo o casal, a família dos dois também viajou para que pudesse estar presente no casamento. A Argentina foi o primeiro país da América Latina a permitir, através de uma lei, que pessoas do mesmo sexo pudessem se unir formalmente através do casamento. Isto aconteceu em julho de 2010.