Publicado em: sexta-feira, 24/05/2013

Primeiro Ministro David Cameron aponta que ataque em Londres foi traição para o Islã

Primeiro Ministro David Cameron aponta que ataque em Londres foi traição para o IslãO premiê David Cameron do Reino Unido apontou durante esta quinta-feira (23) que o ataque na região de Woolwich, no sudeste da cidade de Londres foi um ato de terroristas e traição para o Islã. Cameron confirmou que a vítima, que ainda não chegou a ser identificada era soldado das Forças Armadas. A rede britânica de TV BBC identificou que um dos dois suspeitos, que haviam sido baleados e foram presos é Michael Adebolajo.

O primeiro ministro falo que esse ataque não foi apenas contra o Reino Unido e contra o estilo de vida do povo britânico, porém também foi uma traição para o Islã e comunidades muçulmanas que contribuem para o país. Ele ainda citou que as pessoas que realizaram isso buscam dividir o país, porém isso só vai fazer com que se unam e se tornem ainda mais fortes. Cameron prometeu ainda combater o terrorismo e afirmou que os responsáveis deste ataque vão ser julgados na Justiça.

O premiê apontou que este caso está sendo investigado de maneira rigorosa e que não iria dar maiores informações e nem a identidade de cada um desses dois suspeitos que foram presos, pois segundo ele tanto a polícia comum quanto os serviços de segurança seguirão cada pista deste caso e não descansarão até que saibam cada detalhe do que ocorreu e fazer com que os responsáveis vão para a Justiça.

Cameron por fim pediu que os britânicos fiquem tranquilos e continuem a viver da maneira normal que já viviam, pois segundo ele uma das melhores maneira para ganhar do terrorismo é continuar com a vida comum, e disse que é isso que o povo inglês tem que fazer.