Publicado em: sexta-feira, 09/03/2012

Primeira mulher a comandar UPP no Rio recebe homenagem nos Estados Unidos

Nesta quinta-feira (8), o Departamento de Estado americano homenageou a major da Polícia Militar Priscilla de Oliveira Azevedo por sua coragem e liderança. Ela foi a primeira mulher liderar uma Unidade da Polícia Pacificadora (UPP) no Rio de Janeiro. Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a secretária de estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, presidiu a entrega dos prêmios para mulheres de coragem por todo o mundo. A cerimônia foi realizada em Washington.

O papel da major da PM do Rio de Janeiro durante o período de pacificação das favelas da cidade foi louvado pelo Departamento de Estado dos EUA. Priscilla chegou a enfrentar os piores criminosos da cidade e foi vítima de um seqüestro-relâmpago há cinco anos.

Um porta-voz do Departamento de Estado disse que o trabalho de Priscilla não foi responsável apenas por criar um modelo, mas sim por representar significativa melhoria nas condições de vida dos cidadãos que estão sujeitos a essas circunstâncias. A brasileira foi uma das dez mulheres premiadas nesta quinta-feira e recebeu sua homenagem das mãos da primeira-dama dos EUA, Michelle Obama.

Também estiveram presentes na cerimônia Tawakkol Karman e Leymah Gbowee, ganhadoras do prêmio Nobel da Paz do ano passado. Em comunicado oficial, o Departamento de Estado norte-americano informou que, desde 2007, já premiou 46 mulheres de 34 países diferentes, valorizando suas lutas pelos direitos femininos, apesar do risco pessoal que quase sempre essa luta representou.