Publicado em: quarta-feira, 14/09/2011

Primeira-dama de Angola afirma que vitória no Miss Universo é de todo o povo do seu país

A primeira-dama de Angola, Ana Paula dos Santos, também madrinha do Comité Miss Angola, afirmou nesta terça-feira (12), depois do concurso Miss Universo que garantiu a sua candidata o primeiro lugar da competição, que a vitória de Leila Lopes representa uma conquista para todas as mulheres do seu país. Por ser um fato inédito, Santos fez questão de parabenizar todo o povo de Angola enquanto concedia uma entrevista à Televisão Pública de Angola (TPA).

Durante a sua fala, Satos declarou que “a Leila é realmente a nossa rainha e toda a mulher angolana está a sentir-se Miss Universo, porque realmente é uma honra muito grande nós estarmos lá, naquele concurso com oitenta e tal mulheres e oitenta e tal países com costumes, hábitos e religiões diferentes e sermos nós, Angola, a vencer a coroa de Miss Universo”. Além disso, a primeira-dama vê a vitória da Miss Angola como um estímulo aos jovens, pois agora eles podem acreditar que é possível ir mais longe.

Um dos diferenciais da Miss vencedora, em comparação ao padrão normalmente visto nas competições, é que Leila Lopes optou por prender seus cabelos em um grande coque. Antes de Leila, a última Miss a vencer com os cabelos presos foi a indiana Lara Dutta, escolhida como vencedora em 2000.

Outro ponto a ser levado em consideração é que a presença dos países tradicionais na disputa do Miss Universo não fez tanto peso na hora da votação. Nações como Estados Unidos e Venezuela são conhecidos na disputa, fator que poderia ter prejudicado as chances das outras candidatas.