Publicado em: sexta-feira, 07/03/2014

PRF registra 155 mortes em estradas federais durante o Carnaval

PRF registra 155 mortes em estradas federais no feriadãoA Polícia Rodoviária Federal fez um balanço sobre a quantidade de colisões nas estradas federais durante o período de Carnaval deste ano. De acordo com os dados divulgados na manhã desta quinta-feira (06), o número de acidentes subiu, tal como o de feridos. No total, foram 155 mortes nas estradas espalhadas pelo Brasil.

No mesmo período do ano anterior, houve 157 vítimas fatais em mais de 3100 acidentes. Nos quatro dias de carnaval de 2013, foram 1793 pessoas feridas, contra 1.823 registrados em 2014.

Para a diretora geral da Polícia Rodoviária Federal, Maria Alice Nascimento Souza, os acidentes, ocorrem por imprudência dos motoristas. Portanto, o Governo Federal pode até investir em tecnologia e número de policiais, mas se o condutor não for conscientizado, os números continuarão aumentando.

Entretanto, a PRF alega que é impossível determinar um percentual de redução no apontamento de números de acidentes, pois a frota de veículos automotores aumentou consideravelmente nos últimos dois anos. Dentre as principais mortes, 61 delas foram devido às colisões entre veículos e 22 foram vítimas de atropelamento. Números considerados assustadores para a policia.

De acordo com Maria Alice Nascimento, a polícia rodoviária fará um trabalho de rastreamento a fim de identificar e definir mecanismos que diminuirão a quantidade de acidentes. “É um trabalho em conjunto da polícia com a população”, explica.

No último Carnaval, o coordenador da Polícia Rodoviária Federal, Giovanni di Mambro, comentou que a PRF priorizou e potencializou as fiscalizações nos estados da Bahia e Minais Gerais. Fiscalização que trouxe resultados positivos, de acordo com o relatório apresentado, os dois estados apresentaram as maiores reduções nos acidentes.

A Região Sul foi a com o maior número de vítimas fatais (35), sendo o estado do Paraná com 25 mortes.

Com um número de 130 radares, a operação Carnaval 2014 teve mais de 1700 carteiras de motoristas foram recolhidas e 406 condutores foram presos por ter consumido grande quantidade de álcool.