Publicado em: quinta-feira, 28/07/2011

Preso jovem de 19 anos por suposto envolvimento com grupo hacker LulzSec

Polícia britânica anuncia ter prendido suposto porta-voz do grupo hacker LulzSec nas ilhas Shetland, localizadas na região norte da Escócia, nessa quarta-feira (27). O nome verdadeiro do rapaz não foi divulgado, mas sua identidade na internet é conhecida como Topiary. O homem que foi detido tem 19 anos. O grupo do qual supostamente faz parte reivindicou ataques realizados contra sites oficiais do governo americano, a Sony, a CIA e a agência britânica de combate ao crime organizado (Soca).

Além de Topiary, a polícia britânica havia prendido outros dois suspeitos de serem integrantes da LulzSec, sendo um dele de 16 anos e outro de 19. O jovem menor de idade foi liberado após pagar pela sua fiança, enquanto o mais velho deverá comparecer perante a polícia no dia 30 de agosto. Uma das ações creditadas a Topiary seria a mensagem publicada no perfil do Twitter do grupo após a invasão ao site do tabloide inglês, The Sun.

Nessa ocasião, o grupo que invadiu o site do jornal publicou uma falsa reportagem sobre a morte do magnata australiano, Rupert Murdoch, responsável pela empresa News Corp., a qual controlava o jornal News Of The World, envolvido no escândalo dos grampos telefônicos. Quando o internauta tentava acessar a página do The Sun, a reportagem aparecia e o usuário era automaticamente redirecionado à página do Twitter do grupo hacker.

As polícias de diversas regiões do mundo estão realizando operações para prenderem os responsáveis pelas invasões cibernéticas. No Brasil, um grupo que se diz ser vinculado ao LulzSec reivindicou o ataque a sites do governo brasileiro.