Publicado em: quinta-feira, 12/03/2015

Presidente visita Acre e entrega casas a famílias atingidas pelas inundações

Na última quarta feira, a presidente Dilma Rousseff esteve no Acre realizando a entrega de quase mil casas do programa federal habitacional Minha Casa, Minha Vida para pessoas e famílias que foram atingidas nas últimas semanas pelas enchentes e fortes chuvas no estado. Depois de realizar uma visita a um abrigo para vítimas das enchentes, causadas pelas fortes chuvas que atingiram o Acre, a presidente Dilma realizou um sobrevoo na região para avaliar os estragos e também sentou com autoridades locais para discutir medidas de apoio às pessoas que perderam suas casas.

A presidenta relembrou os recursos que foram liberados para a Defesa Civil agir no estado e prestar apoio aos moradores desabrigados. Ela ainda comemorou a entrega das unidades habitacionais do programa do Governo Federal. Dilma lembrou que a entrega dessas casas só foi possível por conta de planejamento realizado pela pasta nos últimos anos. As casas já estavam sendo construídas antes da tragédia e o objetivo é destinar essas moradias para a população que mais foi atingida pela chuva, além de tirar outros moradores de regiões de risco.Presidente visita Acre e entrega casas a famílias atingidas pelas inundações

A presidente declarou que a situação era para se orgulhar, porque seria a primeira ocasião em que eles enfrentariam essa situação dessa forma, colocando à disposição todos os materiais necessários às vítimas, além de tomar uma medida concreta, que é entregar novas casas aos desabrigados, por conta das obras que já estavam em andamento para levantar as 967 casas populares. Dilma declarou ainda que além deste número, outras mais de 1.200 casas devem ser entregues na mesma região até o meio deste ano, no mês de junho.

Em conversa com a Caixa Econômica e a construtora responsável pela obra, a presidente informou às famílias que até o dia 20 de março, todas as famílias já poderão estar instaladas nas novas residências. Somente na capital do Acre, em Rio Branco, mais de 50 bairros ficaram completamente debaixo de água com as chuvas. Dilma ainda elogiou a estrutura dos abrigos que encontrou no Acre, para as pessoas que haviam perdido suas casas e todos os bens pessoais, mas revelou sonhar por um futuro em que situações como esta não se repitam, porque todos estarão vivendo em residências fora de áreas de risco.