Publicado em: segunda-feira, 07/11/2011

Presidente garante permanência de técnico no Cruzeiro

Na zona de rebaixamento restando cinco rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro descarta trocara de técnico. Gilvan de Pinho Tavares, eleito presidente do clube mineiro, mas que ainda não assumiu o cargo, adiantou que não irá demitir Vagner Mancini.

Embora tenha sido oficialmente designado para a presidência do Cruzeiro, Tavares já vem respondendo pelo futebol no clube de Belo Horizonte, e nesta segunda-feira (07) afirmou que não haverá uma troca de técnico, apesar da má fase cruzeirense.

O Cruzeiro foi goleado pelo Flamengo por 5 a 1 no último domingo (06), e com isso caiu passou a integrar a zona de rebaixamento, com 34 pontos e a 17ª colocação. O risco de queda fez com que aumentassem os rumores de mais uma troca de treinador.

Vagner Mancini é o quarto técnico que passa pelo Cruzeiro este ano, antes dele já comandaram a equipe Adilson Batista, Joel Santana e Emerson Ávila. Na segunda-feira alguns rumores davam conta de que o próprio Adilson poderia voltar ao Cruzeiro, com Vagner Mancini sendo demitido.