Publicado em: terça-feira, 31/01/2012

Presidente do São Paulo não acredita em acerto próximo com Nilmar

A novela envolvendo a contratação do atacante Nilmar pelo São Paulo não terá seu capítulo final muito cedo. Pelo menos isso é o que acredita o presidente do tricolor, Juvenal Juvêncio.

O advogado de Nilmar, André Ribeiro, deu prazo até a última segunda-feira (30) para que o acordo fosse selado. Entretanto, não foi possível até essa data acertar a única pendência que falta para que o atacante seja anunciado como reforço do São Paulo: a questão salarial.

Juvenal Juvêncio não está pessimista quanto ao negócio, mas que a definição do salário do atleta será complicada, já que o São Paulo possui um teto de R$ 300 mil e não paga mais do que isso para jogadores.

Para tentar amenizar a diferença da pedida, o São Paulo propôs um contrato de cinco anos para o atleta de 27 anos. Na Espanha, Nilmar receber R$ 380 mil por mês e o empresário do jogador pede R$ 400 mil para acertar com o tricolor.