Publicado em: sexta-feira, 14/02/2014

Presidente do Inter não descarta Beira Rio fora da Copa do Mundo de 2014

Há chances do Beira Rio fora da Copa do Mundo de 2014Nesta sexta-feira (14), o presidente do Internacional, Giovanni Luigi admitiu que há o risco de o Beira Rio ficar de fora da Copa do Mundo do Brasil de 2014. O dirigente afirmou que o clube não vai desembolsar o dinheiro para o erguimento das estruturas temporárias do estádio. De acordo com ele, os custos estão estimados em aproximadamente R$ 30 milhões.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o mandatário do Inter disse que existe o risco da Copa do Mundo ficar fora de Porto Alegre, não é pequeno. As estruturas temporárias, em questão, abrigarão a sala de imprensa, a energia, a tecnologia de segurança e informação, dentre outros.

De acordo com o contrato, o dono do estádio, no caso o Internacional, deveria desembolsar os R$ 30 milhões para essas obras. O acordo foi feito com a Fifa em 2007, e dois anos mais tarde, foi assinado. Nas outras cidades-sede, na maioria dos casos, é a o governo que, municipal ou estadual, que administra ou gerencia as arenas.

A intenção da diretoria do Internacional é dividir o valor com a Prefeitura Municipal de Porto Alegre e o Governo do Rio Grande do Sul. Segundo o secretário extraordinário para a Copa do Mundo de 2014, em Porto Alegre, João Bosco Vaz, não existe estabilidade de relações jurídicas para bancar essa conta, com dinheiro público.

O prazo final de entrega das estruturas temporárias no Estádio Beira Rio é no dia 22 de maio. Nesta segunda-feira (17), o secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, fará reunião em Porto Alegre com o governador do Rio Grande do Sul, Beto Grill, e com o prefeito da capital gaúcha, José Fortunato.

Cinco partidas estão marcadas para o Beira Rio na Copa do Mundo do Brasil

Foram marcados cinco jogos da Copa de 2014 para o Estádio Beira Rio. No dia 15 de junho, França e Honduras se enfrentam no primeiro jogo no palco, pelo Mundial. Três dias depois, será a vez de Austrália e Holanda entrarem no gramado do estádio reformado. No dia 22, a Coreia do Sul pega a Argélia. Três dias mais tarde, a Argentina encara a Nigéria. Além disso, a arena receberá um confronto válido pelas oitavas de final, dia 30 de junho.