Publicado em: sexta-feira, 12/04/2013

Presidente do Flamengo diz que clube conta com R$ 750,7 milhões em dívidas

Presidente do Flamengo diz que clube conta com R$ 750,7 milhões em dívidasO presidente Eduardo Bandeira de Mello do Flamengo, anunciou durante a noite desta quinta-feira (11) que a dívida que o clube tem chega a R$ 750, 7 milhões. Apenas de impostos o clube deve R$ 394 milhões, e do total, R$ 86,7 milhões são dívidas que foram acumuladas na gestão da presidente Patrícia Amorim, que terminou em 2012. Já as dívidas trabalhistas e os pagamentos judiciais chegam a R$ 184 milhões.

O vice-presidente de finanças Rodrigo Tostes aponta ser este o retrato que o clube vive, com a situação financeira complicada, porém diz que nada é impossível para um time que conta com milhões de torcedores. A empresa Ernst & Young que a nova diretoria do Flamengo contratou foi quem realizou a auditoria das contas do clube.

Tostes diz que o importante é que o departamento financeiro trabalhe para a redução das despesas e no processo, e afirmou que a dívida de 750 milhões pode ser paga, porém não em um curto prazo, ele diz que cerca de 40 milhões já foram parcelados e vão ser negociados em frente.

Em um levantamento que a auditoria realizou, foi descoberto que o clube é réu de aproximadamente 500 ações trabalhistas e 180 ações cíveis, e apenas em ações cíveis, o clube estima que deve ter gastos de R$ 98 milhões. A meta que o departamento jurídico tem é que exista redução para menos de 200 ações trabalhistas.

Para tentar um acerto de contas, a diretoria vai apostar em uma série de ações de marketing, fora cortes em custos na gestão administrativa e na esportiva. O clube chegou a encerrar diversas modalidades, como por exemplo a ginástica olímpica, e diminui a verba gasta com o futebol.

Até o fim do ano, o Flamengo pretende fazer o lançamento de um ambicioso programa para o licenciamento de produtos e que ter um dos três maiores programas de sócios-torcedores do país.