Publicado em: quinta-feira, 20/03/2014

Presidente da UEFA vê Itaquerão como maior preocupação da FIFA

Presidente da UEFA vê Itaquerão como maior preocupação da FIFAO lendário meia Michel Platini, atualmente presidente da UEFA e membro do comitê de organização da Copa do Mundo, declarou nesta terça-feira (18) que, para a entidade máxima do futebol, o Itaquerão é o estádio mais problemático para a Copa do Mundo. Platini fez esta declaração logo após uma reunião com outros organizadores do Mundial.

Problemas

Segundo Michel Platini, há ainda uma série de problemas que precisam ser resolvidos no Itaquerão, principalmente no que diz respeito ao número de assentos (a FIFA não tem uma informação exata sobre quantos assentos o estádio possui) e à chamada estrutura complementar. Neste último caso, o dirigente afirmou que os responsáveis pela obra vivem um impasse sobre quem deve pagar pela estrutura.

Embora tenha enumerado os problemas do Itaquerão, Platini fez questão de ressaltar, posteriormente, que a situação do estádio seja crítica. O dirigente se recordou da Copa da Itália, realizada em 1990, quando operários ainda pintavam os estádios poucos dias antes da abertura do Mundial.

Incompleto

O Itaquerão tem uma importância estratégica na Copa do Mundo, pois receberá a partida de abertura da competição, entre Brasil e Croácia. O prazo para a entrega do estádio pronto é dia 15 de abril, contudo, já foram publicadas informações que mostram que a arena não estará pronta até lá.

No dia em que for entregue, o Itaquerão ainda estará com sua cobertura incompleta. Áreas comerciais e camarotes do estádio não estarão com o acabamento finalizado. Por fim, os telões ainda não terão sido instalados (a empresa que ficará responsável pela instalação dos telões nem foi contratada ainda). Contudo, é importante frisar que, para a FIFA, o prazo de entrega do Itaquerão é no meio de maio. Foi o próprio Corinthians quem afirmou, recentemente, que o estádio ficaria pronto na metade de abril.

Outros estádios

Curiosamente, até pouco tempo atrás era a Arena da Baixada que mais causava preocupação nos organizadores da Copa do Mundo. Curitiba, inclusive, esteve próxima de ser excluída do Mundial, o que obrigaria a FIFA a remanejar as partidas que acontecerão na cidade.

A Arena da Baixada foi confirmada como sede da Copa do Mundo apenas no dia 18 de fevereiro, após uma grande operação realizada pelos administradores do estádio para acelerar as obras. Assim como o Itaquerão, a FIFA estipulou que a Arena da Baixada deve ser entregue completa até o dia 15 de maio, pouco menos de um mês antes do início do Mundial.

No caso específico do Itaquerão, a FIFA tem se mostrado mais flexível com prazos desde o final de 2013, após acidentes ocorridos durante as obras. Os estádios de São Paulo e Curitiba, no momento, são os únicos que realmente ainda causam alguma preocupação à FIFA. Em outros casos, como Porto Alegre, o estádio está pronto, mas ainda há impasses no que diz respeito ao entorno do local. Próximo ao Beira-Rio, ainda é possível encontrar áreas sem pavimentação. A FIFA mantém uma comissão permanente para fiscalizar todas as obras relacionadas ao Mundial.