Publicado em: quinta-feira, 25/08/2011

Presidente da Câmara de Campinas deve assumir interinamente a prefeitura do município

O presidente da Câmara de Vereadores de Campinas, Pedro Serafim Júnior (PDT), anunciou nesta quarta-feira (24) que vai assumir interinamente a prefeitura da cidade, após o prefeito da cidade, Demétrio Vilagra (PT), ter assumido o cargo na terça-feira (25). Villagra era vice-prefeito até o começo da semana, pois o ex-prefeito, Hélio de Oliveira Santos (PDT), teve seu mandato cassado. Ainda na quarta-feira, a Câmara decidiu pelo afastamento de Villagra por ele também estar envolvido no caso que destituiu Santos.

Para que o presidente da Câmara assuma a prefeitura, primeiro a decisão precisa ser publicada no Diário Oficial do município. A previsão para que Serafim Júnior assuma interinamente é na próxima sexta-feira (26). O tempo entre a destituição do ex-prefeito e do então vice quando ambos ocuparam o cargo de prefeito foi de quatro dias. Quando Villagra assumiu o cargo, o então prefeito havia declarado que acreditava que não teria problemas com a Justiça.

A partir do momento em que Serafim Júnior assumir a prefeitura, ele ficará no cargo pelo período de 90 dias, tempo destinado para que a comissão processante, criada também na quarta-feira para investigar Villagra, consiga apurar as acusações contra o vice-prefeito, pois as denúncias de seu envolvimento dizem respeito a esse período de trabalho.

A decisão de destituir Villagra foi tomada na quarta-feira e a cerimônia de posse para que ele se tornasse prefeito foi realizada na terça-feira. Assim como o ex-prefeito, Villagra é acusado pelo Ministério Público de envolvimento em um esquema de desvio de verba pública.