Publicado em: sexta-feira, 07/10/2011

Premiê da Líbia declara que Kadafi está foragido na região sul do país

O primeiro-ministro da Líbia, Mahmoud Jibril, afirmou nesta quinta-feira (06) que o ex-ditador do país, Muamar Kadafi, está escondido na região sul junto a tribos. Jibril informou que Kadafi chegou a cruzar a fronteira com o Níger, mas que permanece na Líbia. O premiê acredita que logo o governo interino vai ter a localização exata de Kadafi. O paradeiro de Kadafi é desconhecido desde agosto, quando os combatentes do Conselho Nacional de Transição (CNT) conseguiram dominar Trípoli, capital do país.

Em entrevista à agência de notícias Reuters, Jibril confirmou que “A informação mais recente é que ele está no sul da Líbia sob a proteção da tribo Tuareg, e de tempos em tempos cruza para o Níger. Segurança é a coisa mais importante para ele. Especificar onde ele está exatamente mesmo que por dez horas é muito difícil. Espero que nos próximos dias possamos confirmar onde ele está localizado com exatidão.”

O premiê da Líbia estava no Iraque para restabelecer as relações diplomáticas com a capital parceira da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). Jibril pediu à Bagdá auxílio no desenvolvimento do petróleo. A perseguição a Kadafi está concentrada principalmente na região das fronteiras com o Níger e a Argélia, no deserto do Saara.

Kadafi voltou a se comunicar com o povo nesta quinta-feira depois de ficar duas semanas sem dar notícias. O ex-ditador pediu que o povo saia às ruas para irem contra o governo do CNT. Kadafi pediu que “sejam corajosos, levantem-se, tomem as ruas. Agitem a bandeira verde no céu. As condições na Líbia estão insuportáveis”.