Publicado em: sexta-feira, 26/04/2013

Prefeito de Nova York aponta que suspeitos de ataque amaratona de Boston queriam atacar Times Square

Prefeito de Nova York aponta que suspeitos de ataque amaratona de Boston queriam atacar Times SquareO prefeito Michael Bloomberg da cidade de Nova York afirmou durante a quinta-feira (25) que os suspeitos de terem organizado o atentado durante a Maratona de Boston queriam realizar um ataque na região de Times Square, que é um dos maiores pontos turísticos da maior cidade dos Estados Unidos.

O FBI faz a acusação de que os irmãos Tamerlan e DzhokharTsarnaevsão os autores do ataque, que fez com que três pessoas fossem mortas e 264 ficassem feridas. O primeiro é apontado como o mentor do ataque e morreu em uma perseguição policial durante a sexta-feira (19), e o outro encontra-seinternado em estado grave.

Conforme apontam as autoridades nova-iorquinas, DzhokharTsarnaev que tem 19 anos, disse, durante o interrogatório inicial, que ele junto do irmão que tinha 26,estavam planejando ir até Nova York para que comemorassem o resultado do atentado. Logo após, afirmou que queriam realizar um novo atentado, agora em Times Square.

Conforme apontam os agentes, Dzhokharafirmou que ele e o irmão roubaram um carro que estava em um posto de gasolina, e fizeram o motorista refém. Porém o veículo tinha pouco combustível e eles pararam em um posto de gasolina, e chegaram a liberareste motorista, que ligou para a polícia.

O plano que eles tinham foi frustrado por agentes, que começaram a perseguiro grupo, e acabou com a morte de Tamerlan e o desparecimento de Dzhokhar. Algumas horas após, o irmão mais novo foi preso e está internado em um estado grave em um centro médico da cidade de Boston.

Blomberg disse, segundo informações do FBI e polícia de Boston, que os irmãos dispunham de outros seis explosivos, um em uma panela de pressão, parecido com o utilizado na ação na cidade de Boston, e cinco outros que foram construídos em canos.

Dzhokharchegou a ser fotografado na inteligência nova-iorquina, na região de Times Square, junto a amigos, no dia 18 de abril de 2012 e foi visto no local também no mês de novembro do ano passado. Não existem informações que possam comprovar se as visitas tinham ligaçõescom estes ataques.