Publicado em: sexta-feira, 01/02/2013

Postos na cidade de São Paulo aumentam valor da gasolina em até 7,6%

Postos na cidade de São Paulo aumentam valor da gasolina em até 7,6%O ministro Guido Mantega (Fazenda) afirmou que o reajuste no preço de combustíveis seria apenas uma pequena correção, que não iria atrapalhar ninguém, 9 em 17 postos da cidade São Paulo que foram analisados nesta quarta-feira (30), tinham sofrido reajustes no combustível tinha variação entre 3,6% até 3,9% em grande parte, um chegou a ter alta de 7,6% no valor.

Segundo Mantega, a gasolina vai subir aproximadamente 4,4% em postos. Já consultorias, bancos e as entidades no setor dos combustíveis estimam que a alta fique entre 4% e 5,3%. Já José Alberto Gouveia, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Estado de São Paulo (Sincopetro), acredita que a média do Estado esteja em 4,8%.

Queda Luz x Aumento da Gasolina

O momento que foi escolhido para que o aumento nos combustíveis, no mês de fevereiro, diminui o impacto que ele afeta sobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que deverá cair até a metade da taxa que estava prevista para o mês de janeiro por causa da queda das tarifas de energia elétrica e do aumento do valor dos alimento que foi mais moderado, apontam alguns analistas.

Um dos indicadores para isso é o fato de que o aumento foi autorizado no dia 30 de janeiro, data em que a coleta de valores do IPCA de janeira já tinha acabado.

Conforme o analista do Banco Itaú Elson Teles, o governo realizou este reajuste depois da queda em tarifas elétricas e diz que aparenta ter escolhido esta data para isto não entre no índice do mês de janeiro.

Consultorias apontam que o aumento no valor dos combustíveis deva ter um impacto de aproximadamente 0,19 ponto percentual sobre a inflação, já Mantega fala que o impacto será de 0,16 ponto, enquanto a redução em contas de energia elétrica deverão cair aproximadamente 0,65 ponto.