Publicado em: segunda-feira, 10/06/2013

Portugal tira invencibilidade da Rússia e assume a ponta do grupo F

Portugal tira invencibilidade da Rússia e assume a ponta do grupo FPortugal teve uma vitória por 1 a 0 contra a Rússia, porém suficiente para que ficassem em primeiro lugar no Grupo F e ajudou na briga pela vaga para a Copa do Mundo de 2014. A seleção das Quinas recebeu durante a sexta-feira (7) a equipe Rússia que liderava a chave das eliminatórias e conseguiu a vitória com um gol de Postigae e deixou o time de Cristiano Ronaldo com 14 pontos marcados. Porém a equipe Russa conta 12 pontos e mesmo tendo perdido os 100% e a liderança do Grupo F depois de levar o primeiro gol em 5 jogos, conta com dois jogos a menos que o time português.

A luta que Portugal tem agora é para conquistar a vaga para a repesgem contra a seleção de Israel, pois o próprio técnico Paulo Bento pensa que a Rússia deve conseguir a vaga direta para a Copa do Mundo. A equipe que está na briga está três pontos atrás da seleção portuguesa, porém tem um jogo a mais para realizar.

Portugal teve o controle do jogo na primeira etapa e teve maior vontade para vencer e foi para cima da equipe Russa. O treinador Paulo Bento surpreendeu ao escalar Vieirinha no lugar do atacante Nani, e o atleta do Wolfsburg demonstrou ter personalidade durante a partida.

A seleção portuguesa teve maior posse de bola e permaneceu mais dentro do campo adversário, e o gol não demorou muito para acontecer após uma falta que Miguel Veloso cobrou próximo a lateral e Hélder Postiga chutou de primeira e completou para o gol russo.

Na continuação do primeiro tempo, a seleção de Portugal continuou a dominar a partida, principalmente após investidas vindas de ambos lados com João Moutinho, Vieirinha e Cristiano Ronaldo.

A Rússia teve algumas chances, porém não chegou a incomodar em momento algum o goleiro Rui Patrício do Sporting, que inclusive era o único atleta em campo que ainda atua em um time de Portugal. Outro que estava em campo e atuava até pouco tempo era Moutinho que foi vendido do Porto para o Monaco no fim do mês passado.

Durante a segunda etapa, Ronaldo teve duas chances de marcar, uma de fora da área, e outra dentro. Um foi para fora do gol, e o outro parou nas mãos do goleiro Akinfeev. A Rússia começou a tentar subir, e fez com que RuíPatrício trabalhasse, porém não criaram tanto perigo ao goleiro. Com a vitória Portugal ainda sonha com a vaga direta para a Copa do Mundo de 2014, e a Rússia depende apenas das próprias forças para conseguir a classificação.