Publicado em: quinta-feira, 26/06/2014

Por paralisação de servidores IBGE não divulga dados sobre taxa de desemprego do mês de maio

Por paralisação de servidores IBGE não divulga dados sobre taxa de desemprego do mês de maioO Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas está com servidores em greve e por esse motivo passou a informação de que a divulgação dos dados sobre a taxa de desemprego referente ao mês de maio desse ano será adiada.

Os dados compreendem análise de dados de seis regiões metropolitanas com a paralisação apenas quatro regiões tiveram suas análises concluídas, faltando os dados de Salvador e também de Porto Alegre, que por conta da paralisação dos servidores que já se estende há um mês não foram concluídas.

Esses dados são colhidos através da Pesquisa Mensal de Emprego que é feita nas regiões metropolitanas de Porto Alegre, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo, segundo o IBGE ainda não há uma data prevista para divulgação da taxa média referente ao mês de maio, a taxa registrada no mês de abril foi de 4.9%, considerada mínima levando em consideração todo o histórico do mês.

O IBGE está trabalhando para que haja a substituição da PME pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, que seria realizada de maneira contínua portanto os dados colhidos seriam mais abrangentes, segundo dados da Pnad a taxa de desemprego registrada nos primeiros três meses de 2014 é de 7.1%, essa taxa é maior do que a de 6.2% que foi o registro realizado no mesmo período do ano de 2013.

Segundo os dados as taxas referentes a desocupação ficaram estáveis no Recife. Belo Horizonte, Rio de Janeiro e também em São Paulo, isso tomando como referência o mês anterior, já em comparação com o ano de 2013 essas taxas apresentaram queda em todas essas regiões analisadas, exceto em Recife onde houve um aumento de 1.1% registrado na taxa de desocupação.