Publicado em: segunda-feira, 12/03/2012

Popularidade de Obama cai por causa de alta no preço dos combustíveis nos EUA

Em ano eleitoral, a maior preocupação dos candidatos, principalmente aqueles que já estão no governo e tentam se reeleger para mais um mandato, é de que a população do país esteja satisfeita com suas ações e tudo que o governante possa interferir. A alguns meses das eleições presidenciais dos Estados Unidos, Barack Obama teve de enfrentar uma queda no seu nível de aprovação.

De acordo com uma pesquisa realizada pela ABC News/The Washington Post, a aprovação do presidente norte-americano está abaixo dos 50%. Barack Obama possui a aprovação de apenas 46% dos eleitores norte-americanos, sendo que 50% não aprovam o governo do candidato democrata. No mês passado, esta situação era inversa: 50% aprovavam o desempenho enquanto 46% desaprovavam.

Preços altos dos combustíveis

De acordo com a pesquisa, o resultado é uma consequência do aumento do preço dos combustíveis nos Estados Unidos. Este aumento pode ameaçar a já vagarosa recuperação econômica do país, e os norte-americanos não gostaram nenhum pouco disso ter acontecido. As eleições presidenciais deste ano podem colocar um fim ao mandato de Obama, que cumpriu a promessa de retirar as tropas dos EUA do Afeganistão.

Em contrapartida, o Partido Republicano ainda não definiu o candidato que irá disputar a corrida presidencial com Obama. Até esta definição, o presidente norte-americano precisa encontrar meios para que sua aprovação volte a subir e não seja novamente ameaçado por qualquer que seja o candidato da oposição.