Publicado em: segunda-feira, 04/06/2012

Popó cumpre promessa e vence luta de despedida por nocaute

Acelino Freitas, mais conhecido pelos brasileiros apenas como Popó, realizou a sua despedida oficial dos ringues no sábado, dia 2 de junho. Ele, que estava afastado das lutas há cinco anos, enfrentou o brasileiro Michael Oliveira. Michael estava invicto até então, já que Popó cumpriu sua promessa e derrotou o seu adversário com um nocaute que aconteceu no nono round.

Essa foi a vitória de número 39 na carreira de Popó, que em toda a trajetória em lutas profissionais foi derrotado apenas em duas vezes.

A última luta de Popó aconteceu no ano de 2007, ocasião na qual ele perdeu para o americano Juan Diaz. Popó tinha decidido se afastar de vez das lutas, mas aceitou fazer uma despedida a pedido do seu filho Popozinho. A luta só tornou ares oficiais quando Michael fez o desafio para Popó.

Em entrevista após a luta, que aconteceu no Uruguai, Popó contou que estava afastado das lutas, mas não dos treinamentos, o que foi essencial para a sua vitória por nocaute.

A luta de despedida

A maioria das pessoas que estavam assistindo ao espetáculo torciam para Popó e se animaram com os fortes golpes que foram dados por ele já no começo da luta. Popo tomou a iniciativa do combate nos dois primeiros rounds. No terceiro assalto, Popó levou seu adversário para as cordas, quando aconteceu a primeira contagem.

No quarto round, Popó partiu para cima, mas Michael conseguiu resistir. Do quinto assalto para frente, Michael começou a desenhar algumas pequenas reações. Nos rounds sete e oito o equilíbrio esteve presente entre os dois lutadores, mas Popó ainda assim levou a melhor. No nono assalto, o veterano abriu uma sequência de fortes golpes e conseguiu nocautear o adversário e vencer a luta.