Publicado em: sábado, 30/07/2011

Policial é suspeito de matar jovens no Rio de Janeiro

O envolvimento de um policial na execução de dois jovens está sendo investigado por policiais de Duque de Caxias da 59ª DP. O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (29) no bairro Centenário, em Caxias, no Rio de Janeiro.

Marlene Cristina Soares Moreira, de 17 anos, e Paulo Sérgio Nalesso de Oliveira, 19 anos, haviam saído de uma casa de shows na Via Dutra, em São João de Meriti, quando o carro onde eles estavam com outros pessoas começou a ser perseguido.

O criminoso, que estava em um Honda Civic, atirou contra o Corsa onde estava o grupo quando eles estavam perto do complexo de favelas da Mangueirinha. Outras três pessoas foram baleadas no ataque.

De acordo com as primeiras investigações, o motivo do crime teria sido uma confusão ocorrido pouco tempo antes no camarote da casa de shows onde as vítimas estavam. O suposto policial teria abordado a namorada de uma das vítimas, o que gerou uma discussão. Quando saíram da casa noturna, os jovens perceberam que estavam sendo perseguidos.