Publicado em: quinta-feira, 30/06/2011

Polícia procura modelo Luana Rodrigues desaparecida na Rocinha

A Polícia Civil iniciou na manhã de quarta-feira (29) na Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, as buscas pela modelo Luana Rodrigues.

A jovem está desaparecida desde o dia 9 de maio, e informações recebidas pelo Dique Denúncia davam conta que a modelo estaria enterrada na favela. Mais de cem policiais foram mobilizados nas buscas pelo corpo de Luana.

A modelo morava em uma via próxima da Rocinha, no bairro de São Conrado, e a última vez em que foi vista havia saído com uma amiga, que também está desaparecida. Luana tinha um filho de dois anos com um morador da favela, apontado como um dos traficantes da região.

A Polícia Civil informou que investigações feitas apontam para o sumiço da modelo pode estar relacionado com o tráfico de drogas. A apreensão de duas toneladas de maconha, em abril, e a modelo, que mantinha um relacionamento com um policial, era apontada pelos traficantes como a principal suspeita de ter colaborado com a apreensão.