Publicado em: sexta-feira, 28/02/2014

Polícia prende suspeito de empurrar mulher de plataforma do metrô em SP

Preso o suspeito de empurrar mulher de plataforma do metrô em SPUm crime que chocou o país acaba de ser solucionado. Na última terça-feira (25), a auxiliar administrativa Maria da Conceição Oliveira foi empurrada por um homem da plataforma do metro na cidade de São Paulo. No mesmo dia, a polícia divulgou as imagens nos meios de comunicação e o irmão do agressor fez a identificação, e o denunciou. O mandado de prisão foi expedido na manhã desta sexta-feira (28) e o autor do crime foi encontrado.

Alessandro Souza Xavier, 33 anos, confessou que empurrou a auxiliar administrativa da plataforma e diz não estar arrependido pelo o que fez. De acordo com pessoas próximas a ele, Alessandro sofre de esquizofrenia e já recebeu nove boletins de ocorrência por agressão. O homem foi detido na cidade mineira de Extrema (divisa com São Paulo).

Maria da Conceição perdeu o braço direito e segue internada na Santa Casa de São Paulo desde o acidente.

Através de uma denúncia anônima, indicando o endereço do agressor. A polícia chegou ao local, quando teve a notícia de que Alexandro havia saído de casa na quarta-feira (26) alegando que havia cometido uma besteira. Ao todo, o agressor já foi denunciado outras 9 vezes por agressão, mas nada havia sido feito até então.

Inconformada, a irmã da vítima, a autônoma Ana Lívia de Souza, disse em entrevista que a família espera que o autor do crime pague pelo o que fez. Ana disse que a irmã tem se recuperado e para Maria, a sensação é de ter nascido novamente.

No dia do acidente, a auxiliar administrativa completava 27 anos e inclusive haviam comprado um vestido para comemorar o aniversário.

De acordo com as imagens internas do metrô, Alexandre colocou o pé e empurrou Maria. Testemunhas afirmam que após o ocorrido, o homem saiu rindo da situação. Alexandre responderá pelo crime e se condenado, deverá pegar até 15 anos de prisão.