Publicado em: quarta-feira, 09/05/2012

Polícia prende grupo depois de sequestro relâmpago

Na noite desta terça-feira (8) a polícia de São Paulo deteve dois assaltantes e apreendeu três menores de idade que são suspeitos de realizar um sequestro relâmpago na capital paulista. A vítima é um médico, que precisou desembolsar cerca de R$ 6.500.

Ele foi abordado pela quadrilha em torno das 19h enquanto estava na rua Orobó, localizada no Alto de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. Sob a ameaça de armas, a vítima foi obrigada a seguir dentro do carro junto com os criminosos após ter estacionado o seu veículo, um Corolla.

O advogado ficou em poder dos sequestradores por cerca de três horas, tempo em que fizeram saques e realizaram compras com cartões. Essas compras tiveram registros feitos em lugares como o shopping Continental, também na zona oeste, e no Carrefour Osasco. Apenas comprando pares de tênis, eles gastaram em torno de R$ 2.500.

Os policiais foram comunicados a respeito do sequestro relâmpago por uma testemunha que viu a hora em que os criminosos fizeram a abordagem do médico. O grupo acabou sendo pego na avenida Corifeu de Azevedo Marques. Os três menores de idade estavam no Corolla, com a vítima, já os outros dois estavam em outro veículo, dando cobertura logo atrás. Junto deles foram apreendidos um revólver calibre 38 e duas armas de brinquedo.