Publicado em: sábado, 11/02/2012

Polícia investiga morte de jogador no CT do Vasco

A morte do jovem Wendel Junior Venâncio da Silva, na última quinta-feira (09), em um CT do Vasco, está sendo investigada pela polícia. O delegado André Bueno, da 50ª DP, já esteve no local e deve ouvir algumas pessoas envolvidas no caso.

Na segunda-feira (13) o delegado deve ouvir familiares do jogador, e o técnico do time infantil do Vasco, o ex-jogador Cássio. A intenção da polícia é apurar se houve algum tipo de negligência, mas as primeiras impressões sobre o local foram negativas.

Bueno criticou a estrutura do CT em Itaguaí, a 70 km do Rio de Janeiro, afirmando que o local não tinha o aporte médico suficiente para abrigar um centro de treinamento. O delegado criticou a falta de médicos e equipamentos de primeiros socorros, além do fato do CT estar ainda em construção.

Apesar das críticas, André Bueno afirmou que ainda não se pode responsabilizar o Vasco pela morte do jogador de 14 anos. Além dos depoimentos, o delegado ainda aguarda resultados dos exames de perícia e da necropsia, para encerrar o inquérito.