Publicado em: quinta-feira, 12/05/2011

Polícia Federal descobre fraude no INSS

A Polícia Federal realizou na quinta-feira (12) uma operação de combate a fraudes cometidas na concessão de benefícios da Previdência Social.

Durante a ação, doze pessoas foram presas, entre elas três funcionários do INSS, que participavam de um esquema para receber benefícios como pensões e seguros dados pela Previdência Social. A quadrilha concentrava suas ações na Grande São Paulo.

De acordo com a PF, o esquema de corrupção envolvia o agenciamento de mulheres grávidas, registradas como empregadas domésticas com salário de até R$ 2 mil, em seguida as mesmas mulheres ingressavam no INSS para receber benefícios da licença-maternidade.

O esquema de fraudes ainda incluía o aproveitamento dos benefícios cedidos pelo INSS nos casos de pensão de morte. A quadrilha buscava dados de beneficiados na Previdência Privada e que não tinham herdeiros.