Publicado em: sábado, 03/09/2011

Polícia confirma ter acompanhado Apple para procurar pelo protótipo de iPhone perdido

A polícia de San Francisco confirmou nesta sexta-feira (02) que foi procurada pela Apple para acompanhar os funcionários em busca de um novo protótipo do possível iPhone 5, o qual foi perdido em um bar da região. A informação divulgada por um porta-voz do Departamento de Polícia de San Francisco explica que quatro oficiais da polícia acompanharam dois funcionários da Apple. A Apple foi verificar a casa de um homem onde acreditava que o protótipo poderia estar.

Primeiramente, quando a Apple e a polícia foram contactadas para prestarem maiores informações sobre o boato do desaparecimento do protótipo, mas a polícia havia declarado que não tinha conhecimento sobre o assunto e a Apple não quis se pronunciar. Na sequência, o site SF Weekly deu a notícia de que um funcionário da Apple teria se vestido como um policial para revistar a casa do suspeito. Nesse momento a polícia confirmou ter acompanhado a empresa para vasculhar o local onde o protótipo poderia estar.

O homem considerado suspeito foi identificado como Sérgio Calderón e informou que a justificativa para escolherem a sua residência era que o iPhone pode ser localizado via GPS. De acordo com Calderón, os seis integrantes de busca revistaram sua casa, carro e computador.

De acordo com a polícia, os oficiais não entraram na residência de Calderón, sendo que os responsáveis pela busca foram os funcionários da Apple. Porém, nenhum deles se identificou como tal. Calderón alega que nunca esteve com o protótipo e um dos representantes da Apple, Anthony Colon, deixou seu contato.