Publicado em: segunda-feira, 08/08/2011

Polícia Civil investiga morte de mulher dentro de Parque Militar no Recife

A Força Aérea Brasileira (FAB) abriu inquérito para apurar as causas da morte de Monique Valéria de Miranda Costa que morreu na madrugada deste domingo (07) depois de levar um tiro que atingiu seu rosto. O acidente ocorreu no interior do Parque de Material Aeronáutico do Recife (PAMA-RF), na cidade de Pernambuco.

A vítima e mais duas mulheres estavam em um encontro com três militares. Um deles estava portando uma pistola com carregador e foi desta arma que o disparo contra Monique partiu. Elas estavam em um quarto no hotel de trânsito dos oficiais, onde foram encontradas diversas garrafas de bebidas alcoólicas.

Os três soldados foram presos por crime militar, pois estes abandonaram seus postos para irem ao encontro das três mulheres. O caso foi encaminhado para a Justiça Militar e também ao Departamento da Polícia Federal que lacrou o local onde ocorreu o disparo para a realização de uma perícia técnica no local do crime para averiguar como aconteceu o fato.

Até o momento várias pessoas foram ouvidas no dia de hoje pela Polícia, a fim de descobrir quais as circunstancias da morte da mulher. O caso foi descoberto por volta das 2h da manhã quando um sargento que fazia a ronda pelos postos de serviço do Parque percebeu que os três soldados não estavam em seus postos. No momento em que encontrou os militares o sargento deu voz de prisão devido ao abandono do local de serviço. A FAB ainda quer apurar como as mulheres conseguiram entrar no Parque Militar.