Publicado em: quinta-feira, 15/04/2010

Polícia afirma que pai jogou criança de ponte

A Polícia do Espírito Santo afirma que um pedreiro teria atirado suas próprias filhas de uma ponte, na cidade de Serra, no Espírito Santo.

O Corpo de Bombeiros da cidade encontrou uma das crianças, de quatro anos, na manhã de quarta-feira (14). Segundo o delegado Josafá da Silva, o pai das duas meninas teria confessado o crime, alegando que teria discutido com sua ex-esposa.

O delegado informou que o pedreiro teria cometido o crime – testemunhado por uma pessoa, inclusive – porque não se conformava com a separação com a mãe das crianças. A pai teria agredido sua ex-esposa, e levado as crianças para a ponte.

As buscas no rio seguem sendo feitas pelo Corpo de Bombeiros, que tem como principal dificuldade as águas barrentas, além da forte correnteza do rio. A outra criança atirada da ponte teria dois anos de idade.

p1