Publicado em: sábado, 10/12/2011

Plebiscito no Pará – Pesquisas apontam que maioria não deseja separação do estado

Neste domingo, dia 11 de dezembro, acontece o plebiscito para a separação do Pará em três estados. A causa separatista mobilizou grande parte da população de Santarém e das cidades vizinhas, além de Marabá e os municípios próximos. Porém, as chances de acontecer mesmo a separação é remota. Pesquisas apontam que a maioria do povo do Pará é contrária a separação.

Isso porque a maioria do eleitorado se concentra em Belém e nas grandes cidades que fazem parte da região metropolitana. De acordo com a Pesquisa Datafolha divulgada na sexta-feira, será praticamente impossível haver a separação do estado. De acordo com a pesquisa, 64% são contra a criação do Tapajós e apenas 32% são favoráveis. E a criação do Carajás a situação não muda muito, pois 65% rejeitam a proposta e 31% são a favor do novo Estado.

Estes números mostram que a campanha feita através da televisão, liderada por Duda Mendonça, fracassou. A campanha era destinada, especialmente, para convencer a população da região metropolitana de Belém. Um dos slogans separatistas dizia que “a divisão seria boa para todos”.

Chegando ao final da campanha, Duda Mendonça concentrou as estratégias para criticar o governador Simão Jatene (PSDB). O governador chegou até mesmo a ganhar o direito de resposta pelas críticas que recebeu. A Pesquisa Datafolha escutou mais de 1.200 pessoas nos dias 6 a 8 de dezembro, em 53 cidades do Pará.