Publicado em: terça-feira, 02/08/2011

Planos de saúde terão que pagar cirurgia de redução de estômago

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publica nessa terça-feira (2), que nova resolução que atualiza a cobertura obrigatório dos planos de saúde contratos a após 1999, quando passou a valer a lei que regulamente o valor. A lista, chamada de Rol de Procedimentos e Eventos de Saúde, contém 60 procedimentos cirúrgicos e clínicos que todos os convênios deverão pagar a partir de janeiro do ano que vem.

Entre os procedimentos agora cobertos pelos planos estão a cirurgia de redução de estômago via laparoscopia, terapia ocupacional e tomografia especial PET Scan, usada no diagnóstico do câncer.

Para a elaboração da lista, a ANS levou em consideração as 50 sugestões da população feitas através de uma consulta pública. Dessa forma, o órgão regulador acrescentou dez novos procedimentos. A lista só poderá ser atualizada novamente daqui 2 anos.

Ao incluir os novos procedimentos e obrigações, as operadoras dos planos de saúdem precisarão manter o valor da mensalidade dos planos. O índice máximo autorizado para a correção este ano é de 8,69%, que já foi aplicado.