Publicado em: quarta-feira, 10/04/2013

Pitty deixa hospital, mostra pelo Instagram

Pitty deixa hospital, mostra pelo InstagramA cantora baiana Pitty teve que cancelar os shows que tinha agendado para o mês de abril por estar internada desde o dia 2 desse mês em um Hospital de São Paulo. Para comemorar a saída do hospital, ela postou uma foto com a correntinha de internamento cortada e a legenda “unchained”, ou desacorrentada, em tradução livre.
A sua assessoria informa que ela teve uma parada estomacal, mas que agora já se recuperou do problema. Durante o tempo que esteve internada, precisou de transfusões de sangue e aproveitou para fazer uma campanha pelo Twitter pedindo aos fãs a doação. Ela disse na ocasião que queria ter o sangue de gente boa correndo em suas veias.

Sua última apresentação aconteceu no Festival Lollapalooza, em São Paulo. Outros shows da turnê Agridoce foram cancelados, mas novas datas devem ser anunciadas em breve.

Carreira musical

Pitty nasceu em Salvador, na Bahia, no dia 7 de outubro de 1977. Ela passou a infância em Porto Seguro, onde via o pai, dono de um bar, tocar Raul Seixas e outras influencias do rock dos anos 60 e 70 por diversas noites. Ela cresceu ao som de Beatles, Elvis Presley, Lou Reed, AC/DC, Nirvana, Alice in Chains, Metallica, Pantera, Faith No More, The Smiths, Mars Volta, Queens of the Stone Age, The White Stripes e Muse.

Ainda adolescente participou de várias bandas e decidiu investor na carreira musical, apoiada por Rogério Big Brother, dono do selo bigbross records. Ela participou como baterista da banda Shes e depois da banda Inkoma, onde tornou-se vocalista.

Pitty estudou música na Universidade Federal da Bahia, quando foi procurada pelo produtor musical Rafael Ramos, o mesmo que descobriu Raimundos e Matanza. Após lançar-se com sua própria banda e fazer muito sucesso no cenário alternativo brasileiro, Pitty é convidada para fazer parcerias com cantores, além de compor e apresentar várias músicas.

Em 2012, foi revelado que a cantora já conquistou uma fortuna estimada em 6 milhões de reais por ano, o que a coloca no posto de 10ª mulher mais rica do Brasil. em 2010, a baiana casou-se com o baterista do NXZero, Daniel Weksler. Ela casou-se de vermelho, sem buquê e seguiu preceitos da tradição judaica, segundo a religião do marido.