Publicado em: quarta-feira, 23/11/2011

PIB pode apresentar crescimento zero no 3º semestre

O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, disse questão terça-feira (22) que a economia brasileira pode apresentar crescimento próximo a zero no terceiro trimestre. Porém, o sectário comentou que para o ultimo trimestre deste ano, o produto Interno Bruto (PIB) deve demonstrar a crescimento, uma vez que o governo vem buscando formar de aumentar o crescimento para o próximo ano.

Na avaliação de Barbosa, a expectativa de crescimento do PPIB em 4% a 5% não deve influenciar os preços e causas pressões em cima da inflação. além disso, ele acredita a inflação deve ficar abaixo de 5%. Na última avaliação, feita para os últimos 12 meses, a inflação ultrapassava a meta d governo e ficava em 6,97%.

“Várias medidas já foram adotas para acelerar o crescimento no ano que vem… medidas como aumento do salário mínimo, desoneração do Supersimples, desonerações do Plano Brasil Maior”, disse Barbosa. O secretário participou do balanço do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC2).

Barbosa ainda comentou que deve ainda ser observada a redação do impacto da taxa básica de juros, a Selic. Neste ano. “E você tem o impacto da redução da Selic que já ocorreu este ano”. Ele fez referencia ao último corte anunciado pelo Banco Central em agosto, quando a Selic foi rebaixada em 1,0%, ficando em 11,50% ao ano.