Publicado em: terça-feira, 29/05/2012

PIB cresceu 0,3% a 0,5% no 1º trimestre, estima Mantega

Segundo Mantega, ministro da Fazenda, embora no primeiro trimestre o PIB não tenha crescido como o esperado, ele melhorará no quarto trimestre, quando o país estará crescendo 4,5%. O governo espera esse percentual para o crescimento anual do PIB e provavelmente ficará frustrado com os resultados desse início de ano. No entanto, o Ministro já deixou claro, durante entrevista, que todos os esforços estão voltados para estimular o crescimento. Ele garante que com esses esforços a econômica chegará com mais força no segundo semestre. Ele disse ainda que novas medidas não estão descartadas, no entanto é preciso ter paciência, pois o resultado das medidas impostas até agora terão resultado nos próximos meses. Segundo o ministro, a expansão deste primeiro trimestre ficará entre 0,3 a 0,5% na comparação com o último trimestre de 2011. A aceleração é quase zero, já que entre outubro e dezembro, a expansão também não passou de 0,3%.

Estimativa de Mantega para ano é de 3 a 4%

Para 2013, o ministro da Fazenda estima que a economia vai crescer entre 3 e 4%, ficando ainda abaixo da projeção inicial do governo, que conta com um aumento de até 4,5%. No entanto, com a recuperação do segundo semestre o país começa a encaminhar sua economia novamente para o crescimento. Segundo Mantega, é preciso ter paciência porque a economia não é como um carro e que é possível manobrar rapidamente para a direita ou esquerda. Ela demora a alcançar a velocidade esperada. Seu processo é mais lento, afirma.

Mesmo com um cenário de saída da Grécia da Zona do Euro, por exemplo, o Brasil crescerá mais de 2,7% como foi em 2011. Os dados do primeiro trimestre serão divulgados na próxima sexta-feira. Segundo ele, o que cresceu mesmo no primeiro trimestre foi o setor privado.