Publicado em: segunda-feira, 20/01/2014

PF procura envolvidos no golpe da Mega-Sena

Envolvidos no golpe da Mega-SenaO maior golpe registrado em banco público registrado no Brasil. A Polícia Federal brasileira está a procura de três pessoas envolvidas no crime financeiro realizado com a Caixa Econômica Federal, o desvio de cerca de R$ 73 milhões. Recentemente cerca de dez mandados de busca e também apreensão foram emitidos em Tocantins e também no Maranhão. Alguns dos acusados já estão presos, como o gerente da agência da instituição financeira na cidade de Tocantinópolis (TO), Robson do Nascimento, e também Ernesto Viera de Carvalho Neto, um suplente de um deputado Federal.

De acordo com depoimento do delegado federal Omar Pepow, ele acredita que seja improvável que aconteçam novas prisões tão logo. Ele conta que a polícia federal está procurando assiduamente os envolvidos, mas que nos dias que se seguem os advogados dos acusados que estão na prisão devem entrar com liminares para revogação desses mandados de prisão. Além disso, os advogados dos acusados que estão escondidos também deverão fazer isso.

Também em entrevista o delegado federal também comentou que não acredita que os acusados que estão escondidos tenham saído para fora do país, porque, segundo ele, muitos deles não receberam dinheiro nem para ir para o exterior. Ainda de acordo com Omar Pepow, as investigações no primeiro momento se concentraram, logicamente, na identificação das contas que continham os maiores montantes, e após receber o relatório com os valores menores a polícia federal começará investigar, junto com a Caixa Econômica Federal, uma varredura em todas as contas correntes suspeitas.
Ainda declara que após a varredura ser realizada, as contas que parecerem suspeitas terão seus titulares intimados a explicar de onde surgiu tal dinheiro.

Ele comenta que se a pessoa tem como comprovar não tem porque temer, pois se entrar R$ 750 mil sua conta e você tiver comprovantes, não tem problema, mas se o individuo não puder comprovar o como e de onde surgiu essa quantia, então a polícia federal terá que investigar mais à fundo.