Publicado em: terça-feira, 05/04/2011

PF prende 16 suspeitos de desvio em ONGs

A Polícia Federal deu início na madrugada de terça-feira (05) à ‘Operação Deja Vu 2’, que visa combater desvios em ONGs (Organizações Não Governamentais).

Em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU) e a Receita Federal, a operação, centrada em Curitiba, Paraná, também se estendeu para outros estados, com prisões ocorrendo em cidades do Acre, Mato Grosso, Distrito Federal e Santa Catarina.

Ao todo, foram detidas 16 pessoas suspeitas de colaborarem com um esquema de corrupção que desviava recursos públicos destinados a ONGs. A quantia destinada a estas instituições, através de parcerias com órgãos públicos, pode superar os R$ 100 milhões.

O esquema incluía falsificação de contratos e documentos, superfaturamento de serviços, entre outras ações ilegais. A Operação Deja Vu cumpriu, no total, 33 mandados de busca e apreensão, e envolveu cerca de 200 agentes de segurança.