Publicado em: quarta-feira, 22/02/2012

Petróleo atinge maior cotação em nove meses

Petróleo atinge maior cotação em nove mesesDepois de nove meses o petróleo bate recorde e fecha o dia em US$ 121,68. O produto teve nova alta nesta terça-feira (21), fechando na maior cotação desde junho de 2011. Segundo especialistas, o motivo do aumento do preço do barril é resultado de dois fenômenos: o embargo ao petróleo iraniano e o lançamento do pacote de ajuda à Grécia, que foi assinado por países da Zona do Euro.

O barril do petróleo Brent terminou o dia em US$ 121,68. Esse valor significa uma lata de 1,4% se comparado com o último fechamento. O contrato de maior liquidez de Nova York, alcançou US$ 105,86, o que representa um aumento de 2,5%.

Óleo produzido no Irã é embargado e define alta do petróleo

A alta do petróleo está relacionada ao embargo europeu ao óleo produzido no Irã, decisão que foi anunciada na segunda-feira (20). Mesmo que a Grécia, Espanha e Itália estejam com suas economias prejudicadas e dependam da importação de óleo do Irã, representantes da União Européia acreditam que estão preparados para enfrentar essa ruptura. Esse embargo é uma barreira contra o regime iraniano.

€ 130 bilhões são destinados para ajudar a Grécia

Depois de se reunirem por 13 horas, os ministros da Zona do Euro aprovaram um novo pacote de ajuda à Grécia. O valor a ser destinado é de € 130 bilhões. O objetivo do plano de auxílio é fazer com que a relação dívida/PIB do país chegue a 120% até 2020. Os credores da dívida grega permitiram ainda um desconto de 53,5% sob o valor dos títulos. São 3,5% a mais do que o valor que havia sido negociado antes da reunião entre os ministros.

Para o presidente da Comissão Europeia, José Barroso, isso exclui as chances de um pedido de default. Além dessas medidas tomadas na segunda-feira, a União Europeia voltou a se reunir para discutir um acordo que determina que todos os países da Zona do Euro aumentem os cuidados em seus sistemas financeiros.