Publicado em: sábado, 23/06/2012

Petrobras reajusta preço da gasolina e do diesel; valor não será repassado para os consumidores

Foi anunciado nessa sexta-feira, 22 de junho, que os preços da gasolina e do diesel serão reajustados. A Petrobras divulgou o valor desse reajuste: ele será de 7,83 % para a gasolina e de 3,94% para o diesel.

Os novos preços começarão a ser praticados a partir da próxima segunda-feira, dia 25 de junho. Para que os novos valores não fossem repassados para os consumidores, o governo federal abriu mão da alíquota Cide, um imposto cobrado sobre os combustíveis.

Assim, a alteração não irá ser sentida nos bolsos dos consumidores,pelo menos por enquanto. O governo tem usado desde 2004 essa técnica de abrir mão do imposto para conter o preço nas bombas. Isso porque se repassado ao consumidor, esses novos valores iriam influenciar na inflação, já que se o preço da gasolina nas bombas aumenta, a inflação no país sobre também.

De acordo com especialistas do ramo, a gasolina pura vendida nas refinarias da Petrobras está custando em média R$ 1,16 sem o imposto. Esse valor seria pelo menos 20% menor daqueles que podem ser encontrado no mercado internacional. O reajuste será cobrado a partir do combustível que é vendido nas refinarias para as distribuidoras, onde a gasolina recebe a mistura de álcool.

Essa defasagem nos preços afetaria os caixas da Petrobras e, caso isso acontecesse, a companhia petrolífera não poderia continuar com os investimentos que estão previstos para serem feitos nos próximos anos.

Porém, segundo economistas, essa intervenção do governo para que o preço da gasolina não atinja o consumidor final não estimula as pessoas a consumirem os combustíveis considerados limpos, como o etanol, por exemplo.