Publicado em: segunda-feira, 25/07/2011

Petrobras aprova investimentos até 2015

A Petrobras aprovou na última sexta-feira (23/07) o novo plano de negócios para o período compreendido entre 2011 e 2015. O novo plano prevê o investimento total de US$ 224,7 bilhões, US$ 700 bilhões a mais do que a quantidade do plano anterior que finalizava em 2014.

A companhia estatal anunciou que a maior concentração dos investimentos, cerca de US$ 127,5 bilhões, equivalente a 57% do total, será destinado ao segmento de prospecção e produção. Além disso, dentro da verba anunciada, 45% do investimento deve ser utilizada para os cursos do pré-sal, as reservas de petróleo que estão localizadas no Oceano Atlântico a grande profundidade que podem impulsionar o Brasil a se tornar um dos maiores exportadores do mundo.

A Petrobras também informou que a empresa calcula que a participação do pré-sal na produção nacional do petróleo deve passar de 2% em 2011 para 40,5% em 2020. Um aumento de 20% na exploração.

A estatal pretende destinar 31% dos investimentos totais aos setores de refinaria, transporte e comercialização de petróleo, e 6% ao segmento de gás e energia. O plano ainda inclui pela primeira mês um projeto de desinvestimentos no valor de US$ 13,6 bilhões, com o objetibo e realizar “uma maior eficácia na gestão doe ativos da companhia e rentabilidade”.

Atualmente, a Petrobras possui 688 projetos. Desses, 57% são programas já autorizados para a execução. Nesta segunda-feira (25/07) a companhia deve descer uma entrevista coletiva aonde irá analisar o conteúdo do plano divulgado na sexta-feira.