Publicado em: sábado, 04/02/2012

Petrobrás afirma que “não há mais manchas de óleo no mar”

Na sexta-feira (03), a Petrobrás informou que não foram mais identificadas manchas de óleo no mar provocadas por um vazamento. A falha foi detectada nesta semana em um dos campos no pré-sal, na bacia de Santos. Com a ausência de manchas, as ações de contingência foram desmobilizadas.

A decisão de desmobilização foi tomada após a realização de voos sobre a área afetada pelo incidente, no prospecto Carioca Nordeste. Através de comunicado, a empresa afirmou que serão mantidas na região as embarcações que executarão o Plano de Monitoramento.

Sobrevoos realizados na quinta-feira (02) por um grupo de acompanhamento e avaliação já haviam indicado a redução nas manchas. O grupo era formado por representantes da Marinha, da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O vazamento foi identificado na terça-feira, quando a estatal informou que houve um rompimento da coluna de produção da plataforma responsável por extrair o petróleo em caráter de teste. Na quinta-feira um grupo de fiscais do Ibama esteve no local pata recolher informações que ajudarão a descobrir a causa do incidente.