Publicado em: quarta-feira, 15/08/2012

Pessoas são presas em ato pela banda Pussy Riot

Pessoas são presas em ato pela banda Pussy RiotNesta quarta-feira (15) a polícia da Rússia fez a detenção de quatro pessoas que estavam protestando a favor da banda punk Pussy Riot, que estão esperando julgamento em Moscou. Os ativistas estavam fazendo um manifesto contra as três integrantes do grupo nas escadas de uma igreja tradicional na capital do país. Aproximadamente 20 pessoas participaram do protesto.

Os ativistas estavam usando capuzes semelhantes aos utilizados pelas integrantes da banda punk em seus shows. Eles estavam nas escadas da Igreja do Cristo Salvador e mostravam cartazes que traziam mensagens da Bíblia como: “Benditos sejam os misericordiosos”. Nesta mesma igreja, as três artistas do Pussy Riot fizeram uma apresentação em forma de protesto que causou sua detenção em março.

Oração punk

Na ocasião, as integrantes da banda Pussy Riot invadiram a Igreja do Cristo Salvador e fizeram uma “oração punk”, que era um protesto contra o presidente da Rússia, Vladimir Putin. A “oração” pedia que o mandatário renunciasse ao seu cargo e, para isso, as artistas pediam a intercessão “dos céus”. Por esta atitude, elas estão sendo processadas por “incitarem o ódio à religião”.

Quanto ao protesto desta quarta-feira, os guardas da igreja conseguiram dispersar os ativistas antes que a polícia chegasse ao local. De acordo com agências de notícias internacionais, quatro pessoas foram presas e deverão pagar uma multa pelo ato. De acordo com testemunhas, os guardas da catedral fizeram uso da força contra os manifestantes e jornalistas.