Publicado em: sexta-feira, 11/01/2013

Pesquisadores mudam DNA de vírus do sarampo para combater câncer

Pesquisadores mudam DNA de vírus do sarampo para combater câncerCientistas do Instituto Paul Ehrlich, da Alemanha, fizeram a modificação genética do vírus do sarampo como maneira de testar o combate a células-tronco com câncer. O vírus foi atenuado e fez ligação com uma proteína que estava na superfície de uma das células e infectou-as e fez com que elas morressem.

A pesquisa, que mostrou resultados positivos, teve sua publicação no periódico Cancer Research durante esta semana. As células-tronco com câncer resistem à quimioterapia e radioterapia melhor do que as outras, conforme apontam os pesquisadores. As células são tidas pela comunidade científica como sendo umas das grandes responsáveis por tumores que ocorrem de metástase.

Segundo os responsáveis pela pesquisa, este é um passo para que sejam encontradas maneiras de fazer a identificação e células com câncer sejam eliminadas. A proteína CD133, conforme aponta o estudo, é um marcador na superfície das células-tronco com câncer e o vírus do sarampo com modificação utiliza esta substância como sendo receptora de ingressos em células e, dentro delas, faz com que elas morram.

Foram realizados testes com ratos que estavam apresentando células cancerígenas no fígado e cólon. O vírus que teve o DNA manipulado demonstrou atividade antitumor em animais, apontam os pesquisadores responsáveis. O estudo afirma que o aumento do tumor foi reduzido de maneira substancial ou chegou a ser suprimido de maneira total.

Novos estudos sobre isto devem ser realizados, para que sejam descobertos principalmente como as diversas formas de células com câncer sejam atacadas e seja aprimorada a utilização deste vírus de sarampo e de outros tipos.