Publicado em: sexta-feira, 21/02/2014

Pesquisa mostra que as mulheres são as que mais tiram ‘selfies’ para o Instagram

Pesquisa mostra que as mulheres são as que mais tiram ‘selfies’ para o InstagramO “selfie” é um sucesso nas redes sociais, e as que são as maiores colaboradoras para que essa palavra se expandisse e virasse um fenômeno da fotografia, foram as mulheres. Uma grupo de pesquisadores juntos analisaram 120mil fotos publicadas no aplicativo Instagram, fotos vindas de todo lugar do mundo, como: São Paulo, Nova York, Bangcoc, Berlim e Moscou, para entender de onde vem todo esse sucesso dessa palavrinha e quem são as pessoas que mais tiram autorretratos para a internet. Por meio dos resultados eles puderam descobrir algo como um ‘selfiecity’, neste lugar as pessoas são capazes de encontrar outros selfies por gênero, idade, e até inclinação da cabeça. Os resultados também indicam que, as mulheres são as que mais tiram selfies. Em todas as cidades que foram analisadas e coletadas informações, o sexo feminino foi predominante, são mais da metade em comparação com os homens. Em Moscou, foram registrados 82%, já em São Paulo o número foi menor com 65,4%.

A pesquisa também mostra quem se mostra mais alegre nos selfies, e analisando o estado de humor que é transmitido no autorretrato, eles puderam descobrir que em Bangcoc e São Paulo é onde as pessoas mais sorriem, e a que menos oferece sorrisos é Moscou. E por fim, puderam saber que das 120 mil imagens que foram recolhidas para o estudo, somente 4% (ou 4.800) eram da categoria selfies, todas as outras eram fotografias comuns.

Vicio em tirar ‘selfies’ podem trazer problemas mentais

Uma médica tailandesa advertiu dizendo que essa moda de tirar autorretratos, chamados de ‘selfies’ e divulga-los na internet, podem acarretar em problemas mentais, assim como depressão, ou até paranoia. Isso se a pessoa não tiver o reconhecimento que espera naquela foto. Ela acredita que essa busca por ‘likes’ que é a real intenção de se tirar os ‘selfies’, é prejudicial para a saúde mental por fazer a pessoa sempre buscar pelo reconhecimento, e se isso não acontece pode causar a frustração.