Publicado em: sexta-feira, 07/03/2014

Pesquisa feita com mulheres de mais de 70 anos, revela que elas estão vivendo uma vida sexual ativa melhor do que antes

Pesquisa revela que mulheres com mais de 70 anos estão vivendo uma vida sexual ativa Uma pesquisa feita com mulheres de idade 70 e 90 anos, afirma que é nesta época que elas desfrutam da melhor fase sexual de suas vidas. A professora de Jornalismo e Estudos Femininos, Iris Krasnow, entrevistou cerca de 150 mulheres com idade entre 20 e 90 anos sobre suas experiências sexuais mais intimas com os parceiros, e obteve resultados surpreendentes, a partir disso publicou alguns destes relatos em seu mais recente livro, “Sex After: Women Share How Intimacy Changes as Life Changes” (‘Sexo depois dos…: Mulheres compartilham como a intimidade muda com as mudanças da vida’). A jornalista usou diversas vertentes sobre o assunto, entrevistando mulheres de todos os tipos e perguntando sobre suas atividades sexuais em diferentes fases de sua vida, como depois da faculdade, no trabalho, na maternidade, menopausa e até depois de ficar viúva. Com essa pesquisa, pode apurar e chegar à conclusão que as mulheres mais velhas eram mais ousadas e seguras em sua sexualidade, comparadas com as mais jovens que ainda estão na fase de ‘namoro’. Ela diz que essa é a ‘era da senhora’. As mulheres que contribuíram para a pesquisa, tinham diferentes idades, religião, classes sociais, crenças e cultura, assim dando mais fundamento a ela e dando oportunidade para que as pessoas vejam opiniões diversas, de mulheres reais e das sua vivências, cada uma com sua cultura. Em entrevista para a BBC Mundo, Krasnow afirmou que, as pessoas pensam em sexo até o momento em que morrem.

Terceira idade

O número de mulheres de 80 e 90 anos tem crescido consideravelmente nos últimos anos, principalmente em países ocidentais, entretanto, não é só o aumento na longevidade que tem sido percebido, e sim também um aumento na atividade sexual nesta fase da vida. Isso tudo é decorrência de uma melhora em remédios dando mais vigor ao idoso, a prática de exercícios físicos e dieta, isso tudo contribui para uma sociedade mais saudável e mais ativa sexualmente.