Publicado em: sábado, 22/10/2011

Pesquisa afirma que usuários do Facebook revelam informações cruciais

Segundo um estudo realizado pela pesquisadora romena Sabina Dactu, as pessoas revelam informações confidenciais a completos desconhecidos no Facebook se estes transmitirem a ideia de que tem algo em comum. Essas informações são coisas importantes como senhas e endereços, que se mal usadas podem trazer sérios problemas para a pessoa.

Na pesquisa, feita com hackers e profissionais de TI, 81% dos pesquisados disse o nome da mãe, sendo que 78% dos hackers também revelaram. Apenas 7% dos hackers disseram suas senhas para Sabina. Revelar dados pessoais e familiares a pessoas estranhas pode parecer um ato inofensivo, mas é muito perigoso. Informações como estas podem trazer problemas para quem a passou.

O estudo revela que o assunto privacidade nas redes sociais, especialmente no Facebook que é objeto da pesquisa, gira em torno de como impedir que suas informações pessoais caiam nas mãos de desconhecidos ou sejam utilizadas pelo próprio site. Porém nem sempre as pessoas estão aptas a guardarem seus segredos ou manterem informações em sigilo.

A pesquisadora conseguir manter uma relação com 100 pessoas utilizando dois perfis (falsos) no Facebook. De acordo com Sabina, foi simples obter as informações pessoais dos usuários com quem teve contato. A pesquisadora criou no Facebook dois perfis como se fosse uma profissional de TI, de 25 anos. Ela interagia com usuários que tinham este mesmo perfil. Através das amizades virtuais, a pesquisadora conseguiu informações familiares, endereços reais e senhas dos usuários.