Publicado em: quinta-feira, 06/11/2014

No período de um ano casos de dengue registrados no Rio de Janeiro caem 97%

No período de um ano casos de dengue registrados no Rio de Janeiro caem 97%Casos registrados de pessoas infectadas com o vírus da dengue no Rio de Janeiro sofreram queda de 97% este ano em relação ao ano passado, para chegar a esse valor foram comparados os dados da doença de Janeiro a outubro do ano passado com os dados do mesmo período deste ano, segundo Alexandre Chieppe, que é Superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria do Estado de Saúde, este índice de queda representa um dos maiores já registrados no Rio.

Segundo Alexandre, através desta queda é possível perceber que a população também está mais preocupada e colaborando mais para que as larvas do mosquito transmissor da dengue sejam eliminadas dos domicílios, além disso, o que contribuiu para que houvesse essa queda, foi o fato de ter havido baixo índice de chuvas ao longo deste período do ano e também o fato de as pessoas terem sido imunizadas contra os sorotipos mais comuns em circulação.

Até o dia 11 de outubro, a Secretaria do Estado de Saúde, fez o registro de 6.859 casos de dengue em todo o Estado do Rio de Janeiro, desses casos ocorreram oito mortes sendo uma vítima em São Gonçalo, 1 em São José do Vale do Rio Preto, 1 no Rio de Janeiro, 1 em Vassouras, e quatro dessas vítimas eram de Campo dos Goytacazes, os números obtidos em 2013 eram bem maiores, foram registrados 212.231 casos e destes ocorreram 39 vítimas fatais.

Segundo Alexandre, já foram iniciadas ações para enfrentar o vírus Chikungunya, caso este entre no estado, de janeiro a outubro seis casos do vírus foram confirmados no estado, mas todos os infectados tinham realizado alguma viagem internacional para países onde estão sendo registrados casos da febre chikungunya, sendo assim essas pessoas vieram infectadas de outros países e, portanto não pegaram a doença aqui no Brasil.